Errata: A tabela de vacinação contra a febre amarela reproduzida no Informativo Pedras Vivas está desatualizada

//Errata: A tabela de vacinação contra a febre amarela reproduzida no Informativo Pedras Vivas está desatualizada

Errata: A tabela de vacinação contra a febre amarela reproduzida no Informativo Pedras Vivas está desatualizada

Neste último domingo (28), foi distribuída a edição de nº 1572 do Informativo Pedras Vivas com a informação na página 5 sobre o esquema de vacinação está desatualizada. A informação foi reproduzida de uma tabela desatualizada do Ministério da Saúde. Em contato com a Assessoria de Comunicação do Santuário Arquidiocesano da Saúde e da Paz, hoje, dia 30 de janeiro de 2018, a Regional Noroeste da Prefeitura de Belo Horizonte, informou o novo esquema de vacinação. Lamentamos o ocorrido.

Esquema de Vacinação

INDICAÇÃO ESQUEMA VACINAL
– 6 meses a 9 meses de idade incompletos (NÃO VACINADAS) Não se deve realizar a vacinação em crianças de 6 a 8 meses e 29 dias de idade
– 9 meses até antes de completar 5 anos (NÃO VACINADAS) Administrar uma dose
– 9 meses até antes de completar 5 anos (VACINADAS) Não administrar nenhuma dose.
Considerar vacinada
– Pessoas a partir de 5 anos de idade, que NUNCA foram VACINADAS ou sem comprovante de vacinação. Administrar uma dose
– Pessoas a partir de 5 anos de idade (VACINADAS) Não administrar nenhuma dose.
Considerar vacinada
– 60 anos e mais (NUNCA VACINADAS ou SEM COMPROVANTE DE VACINAÇÃO) Administra uma dose.

Considerando a avaliação das contraindicações: Doenças do timo (miastenia gravis, timoma), lúpus, artrite reumatoide, doença de Addison, portadores de imunossupressão grave (HIV positivos com CD4<200, transplantados, portadores de neoplasia ativa, algumas doenças hematológicas, usuários de terapia imunossupressora, inclusive corticoterapia, por no mínimo duas semanas, em doses acima de 2 mg/kg/dia de prednisona ou equivalente em crianças e doses acima de 20 mg /dia em adultos)

– 60 anos e mais (VACINADAS) Não administrar nenhuma dose.
Considerar vacinada
– Gestante (NÃO VACINADAS) Administrar uma dose. (Em qualquer período gestacional)
– Gestantes (VACINADAS) Não administrar nenhuma dose.
Considerar vacinada.
– Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses NÃO VACINADAS: Administrar uma dose.
Suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação.
– 6 meses a 9 meses de idade incompletos (NÃO VACINADAS) Não se deve realizar a vacinação em crianças de 6 a 8 meses e 29 dias de idade
– Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses VACINADAS: Não administrar nenhuma dose.
Considerar vacinada
Viajantes (NÃO VACINADOS) Administrar uma dose pelo menos 10 dias antes da viagem, respeitando as precauções e contraindicações da vacina.
-Viajantes (VACINADOS) Não administrar nenhuma dose.

Considerar vacinada

 

Contraindicações à vacina de FEBRE AMARELA:

– Menores de 9 meses;

– Pessoa com história de eventos adversos graves em doses anteriores;

– Pacientes com alergia grave (anafilaxia) ao ovo ou outros componentes da vacina;

– Doenças do timo (miastenia gravis, timoma), lúpus, artrite reumatoide, doença de Addison, portadores de imunossupressão grave (HIV positivos com CD4<200, transplantados, portadores de neoplasia ativa, algumas doenças hematológicas, usuários de terapia imunossupressora, inclusive corticoterapia, por no mínimo duas semanas, em doses acima de 2 mg/kg/dia de prednisona ou equivalente em crianças e doses acima de 20 mg /dia em adultos).

 

REFERÊNCIAS:

– Nota Informativa Nº 94, de 2017 CGPNI/DEVIT/SVS/MST;

– Nota técnica 02/2018 – CIEVS/GVIGE/DPSV/DIAS.

Fonte: Regional Noroeste