Pastorais e Movimentos

Início/Pastorais e Movimentos
Pastorais e Movimentos 2017-06-06T18:28:03+00:00

Pastorais

Pastoral é serviço, ação, trabalho desenvolvido pela Igreja. Não se resume em grupo de pessoas, mas em ação organizada e dirigida pela Diocese e Paróquia para “atender” determinada situação em uma realidade específica. Todos têm uma função, um carisma, um jeito de viver, porém, todos são importantes para que o Reino de Deus aconteça.

Conheça:

São inúmeras as passagens bíblicas que mostram a importância da acolhida: São Paulo na Carta aos Romanos (15,7) recomenda: Acolhei-vos uns aos outros como Cristo vos acolheu; também em Mt 10,1-8 , Mt 9, 9-13, Lc 7, 36-50 o ato de acolher é valorizado. Ao acolhermos somos simultaneamente acolhidos e esta reciprocidade é transformadora, provocadora de situações que produzem gestos de amor. Nossa Igreja, atenta às necessidades da comunidade, se preocupa com o acolhimento cada vez melhor das pessoas, fazendo deste aprimoramento um desafio constante. Acolher para servir. Só assim seremos Igreja Viva, sempre em missão. O que faz nas celebrações: Verifica os folhetos, boletins, responsáveis pela coleta, informações, atendimento e atenção geral. A pessoa da acolhida deve ser agradável e ter semblante feliz para acolher a todos.

Estar a serviço do altar e do próximo. Servir ao altar não é apenas ajudar o padre, transportar os objetos litúrgicos ou executar as funções que lhe são próprias, é participar do Mistério Pascal de Cristo, ou seja, da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Servir ao altar é estar aos pés da cruz, é contemplar o Cristo ressuscitado com os olhos da fé e viver alegremente o Evangelho. No seu serviço o coroinha deve buscar sempre a alegria e a disposição, o contato fraterno e amigo, o respeito e a dedicação às coisas sagradas. O jovem deve demonstrar que vive sua fé, que observa os Mandamentos de Deus e que procura sempre ser justo e correto. Deve continuamente dar testemunho de que Cristo é o seu Senhor e Mestre. A Eucaristia é a fonte de todas as graças, é alimento que fortalece a alma e nos conduz ao Pai. Ao viver a Eucaristia, o coroinha vive o seu ministério de serviço com mais dignidade, dedicação, oração e amor e, assim, santifica-se e aproxima-se cada vez mais de Deus.

O objetivo é Evangelizar. Cumprir a missão que Cristo nos deixou: levar a criança, o adolescente, o jovem e o adulto, através da Palavra, a aceitar Deus na sua própria vida, iniciá-los na história da salvação. Para mais informações, clique aqui!

Responsável pela comunicação externa e interna da paróquia, ela também tem o papel de trabalhar a comunicação juntamente com as pastorais: Cobertura fotográfica de celebrações e eventos. Divulgação dos eventos. Responsável pelo Jornal Pedras Vivas (mensal). Montagem de apresentações e artes diversas para banner, panfletos, faixas e encartes para os demais grupos e pastorais.

Tem como meta uma adequada e constante evangelização da família para que, educada no amor, ela possa cumprir, entre outros, os seus deveres gerais: a formação de uma comunidade de pessoas; o serviço à vida; a participação no desenvolvimento da sociedade; e a participação na vida e na missão da Igreja (FC 17). É uma pastoral ampla, abrangente e age unida a outras pastorais. Acompanha a família cristã no seu caminho, no seu desenvolvimento e crescimento. Estrutura-se em três setores e em três campos de atuação: a Pré-Matrimonial, que compreende as fases da preparação remota, próxima e imediata para o Matrimônio; a Pós-Matrimonial, que provê o acompanhamento do casal e da família ao longo de sua caminhada; os Casos Especiais, que se ocupa das famílias em situações conflitivas, irregulares e específicas. A pastoral familiar da paróquia, tem a finalidade de preparar o encontro de noivos, o cerimonial de casamentos, encontro paroquial de casais e realização de bazares beneficentes.

Organização e participação de reuniões semanais com adolescentes e jovens da paróquia, nas quais ocorrem discussões e reflexões sobre assuntos diversos da Igreja e da atualidade, além de dinâmicas, leitura da Palavra e oração. Organizam e participam de atividades específicas da Pastoral, como retiros, convivências, projetos sociais, festas e confraternizações. Participam em atividades diversas da Paróquia, como na missa das 19h30 do domingo (Missa dos Jovens) e em eventos pastorais.

Com estas palavras, usadas por Pe. Eustáquio ao visitar as famílias e, principalmente os sofredores, os membros desta Pastoral procuram colocar em prática o carisma do “Mensageiro da Paz”. Fazem visitas regulares a doentes e idosos da paróquia, procurando levar a eles a Palavra de Deus e o conforto, tão necessário nas horas difíceis. Uma vez por mês, os participantes da pastoral se reúnem para uma avaliação de seus trabalhos, e planejamento de novas atividades.

Estimular o desenvolvimento e a autoestima do idoso através de atividades tais como: oficinas de artesanato e de memória, palestras, passeios, dinâmicas variadas, dança sênior, celebrações de aniversários.

Movimentos

Os movimentos nascem e se formam num contexto externo à igreja local, mas atuam dentro da Paróquia. É uma ação dos leigos que pode envolver várias pastorais/serviços ao mesmo tempo. Estão mais ligados à vida pessoal  dos participantes e, em geral, têm um caráter de espiritualidade e seguem um carisma próprio, envolvendo mais ou menos as mesmas pessoas que vivenciaram um encontro, um retiro ou uma catequese.

 

Conheça

É uma organização composta por leigos católicos cuja finalidade é a santificação pessoal e a evangelização. Nasceu num colégio da Companhia de Jesus (de padres Jesuítas) na França e espalhouse pelo mundo. Trabalha com afinco pela evangelização das famílias e têm uma devoção especial ao Sagrado Coração de Jesus.

Atividades:

– adoração ao Santíssimo Sacramento -1º sexta-feira do mês, às 15h, logo após missa das 16 h.
-participação nos Encontrões e outros eventos do Apostolado da Oração na Arquidiocese, Região e Forania.
-ajuda a creches e pessoas carentes.
-participação efetiva em todos os eventos festivos da paróquia.
-serviço de lavanderia e troca das toalhas do altar.

A Sagrada Face é uma expressão Bíblica. Está ligada à Paixão de Jesus. A devoção à Sagrada Face é para a Face ensanguentada do Cristo, é a Face do Horto das Oliveiras, da qual todos os quatro Evangelista falam, é a Paixão de Jesus, a que ele teve em sua agonia. No dia 10 de Janeiro de 1959, a Consagração dos Ritos em Roma com a aprovação do grande Papa João XXIII, concedeu aos Bispos e Sacerdote do Brasil a aprovação para a festa da Sagrada Face, a ser comemorada na terça-feira de carnaval, aprovando o texto da Missa.

Todos os dias às 15h, os membros do apostolado se reúnem, em casa, nas famílias ou na Igreja, para lembrar a hora que Jesus morreu e de um modo especial nas terças-feiras. A espiritualidade do Apostolado da Sagrada Face é viver os ensinamentos de Jesus, meditar o Evangelho e tirar dali, o modo de viver que Jesus ensinou. É também contemplar a Face de Jesus no rosto dos nossos irmãos, principalmente dos mais sofridos, marginalizados, doentes; daqueles que não tem voz nem vez.

Se você quer adorar Jesus no Santíssimo Sacramento, venha rezar conosco, às terças-feiras, de 15h às 16h, na Capela do Santíssimo. No 1º sábado de cada mês, às 8h, rezamos o Rosário.

Visa reviver a experiência de Pentecostes. Significa, em outros termos, renovar na Igreja de hoje o clima ardente das origens da experiência carismática da Igreja apostólica. O Espírito Santo suscitou a Renovação Carismática na Igreja, para provocar e fazer acontecer uma graça profunda e forte de renovação na vida dos cristãos.

Grupo de Oração Sagrados Corações – toda quarta-feira, na Igreja, às 20h. Momento de oração, louvor a Deus, levando os participantes a uma experiência pessoal com o Deus vivo. A Palavra de Deus é proclamada com o objetivo de exortar, corrigir e instruir, fazendo o amor de Deus conhecido.
Oração nas casas, Catequese de adultos, Pastoral da Oração, trabalhos sociais e demais atividades da Paróquia.

Conhecida pelas iniciais SSVP é uma organização muito conceituada, fundada em Paris, França, no ano de 1833, por Antônio Frederico Ozanam e alguns companheiros. Organizada sob forma de Federação Internacional, é acreditada junto à Santa Sé e à ONU como instituição que se dedica ao serviço voluntário de promoção humana e assistência social nos países em que atua através de seus membros colaboradores.

O Encontro de Casais com Cristo – ECC – é um serviço da Igreja, em favor da evangelização das famílias. Procura construir o Reino de Deus, aqui e agora, a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo. Para isto, busca compreender o que é “ser Igreja hoje” e de seu compromisso com a dignidade da pessoa humana e com a Justiça Social.

A evangelização do matrimônio e da família é missão de toda a Igreja, em que todos os fiéis devem cooperar segundo as próprias condições e vocação. Deve partir do conceito exato de matrimônio e de família, à Luz da Revelação, segundo o Magistério da Igreja (Orientações pastorais sobre o matrimônio – CNBB Doc. Nº 12) (DN-pág. 13)

Movimento de Jovens com Cristo (MJC) é um desdobramento do EJC. Entendendo que o EJC é um reencontro, o MJC é a atuação constante para manter o Espírito de evangelização, de caridade, de fé e de esperança dentro do coração dos jovens que puderam vivenciar a experiência do Encontro com Cristo. São realizadas atividades constantes de evangelização, oração, espiritualidade, fraternidade e serviço missionário.

Se você deseja servir em alguma pastoral ou movimento entre em contato com a nossa Secretaria Paroquial: (31)3462-6557 ou por e-mail: secretaria@padreeustaquio.org.br.